Loading

87% dos brasileiros não confiam em Temer, diz CNI/Ibope

Fale com PMP : redacao@portaldomovimentopopular.com.br

Foto divulgação

Brasília/DF- Mais um instituto de pesquisa constata a rejeição ao governo de Michel Temer (PMDB). Em pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), divulgada nesta quinta-feira (27), aponta que 87% dos brasileiros não confiam em Temer.

Histórico de Traição 

Com um histórico de traição ao dar um golpe contra o mandato da presidenta Dilma Rousseff, do qual era vice, Temer chegou ao podem com um discurso de “salvação nacional”, mas implantou um a agenda de reformas que contrária a escolha do projeto de governo vitorioso nas urnas.

Brasileiros não confiam em Temer 

O número de brasileiro que não confiam em Temer aumentou, comparado os dados da pesquisa anterior, feita em março e dezembro, em que 79% e 72% diziam não confiar em Temer.

CNI/Ibope

Ainda de acordo com a pesquisa, o percentual de brasileiros que consideram o governo Temer ruim ou péssimo atingiu 70%, alcançando o maior índice de reprovação a um governo na série histórica da pesquisa CNI/Ibope, iniciada no governo de José Sarney (PMDB), em março de 1986.

A imprensa tem comparado os números de rejeição com o governo da ex-presidenta Dilma, numa tentativa de manipular os fatos para dar a impressão de que tudo é a mesma coisa. Mas a conjuntura do governo Dilma foi marcada por uma campanha diária de ataques da direita em consórcio com a grande mídia, insuflando o clima de ódio e de espetacularização da operação Lava Jato.

Tanto é que na comparação com o governo Dilma, 52% disseram que o governo Temer é pior que o da antecessora. Só 11% disseram achar o governo Temer melhor que o governo Dilma, e 35% disseram avaliar os dois governos de forma igual. Apenas 2% disseram não saber ou não quiseram responder a esta pergunta.

Outro dado que reforça a ilegitimidade do governo Temer é o que trata sobre a confiança dos brasileiros na Presidência da República. Apenas 14% – o menor de toda a série histórica – confiam na instituição, segundo o Ibope. Com a presidenta eleita Dilma Rousseff, esse mesmo índice era de mais de 60% dos brasileiros até o início da campanha negativa de que ela foi vítima.

Rejeição a agenda

Quando Temer é avaliado por área de atuação, a questão tributária é a que gera mais insatisfação. De acordo com a pesquisa, 87% disseram desaprovar o governo do peemedebista, sendo que a pesquisa foi realizada antes do anúncio do aumento de impostos sobre os combustíveis.

A segunda área pior avaliada no governo é a saúde, com 85% de desaprovação, seguido por educação com 75% de reprovação.

O Ibope entrevistou 2.000 pessoas, em 125 municípios, de 13 a 16 de julho. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte : Portal Vermelho / Redação PMP 

Categorias: Brasil, Destaque

Palavras-chave: , ,