Loading

Vivo lança voz sobre LTE e faz piloto da tecnologia no roaming internacional

Fale com PMP : redacao@portaldomovimentopopular.com.br

Foto divulgação

Qualidade diferenciada. Essa é a grande aposta da Vivo para incorporar o VoLTE – voz sobre LTE – aos seus serviços. Inicialmente, o novo produto fica disponível para os assinantes da operadora em Rio Verde, Goiás, onde há o serviço 4G em 700 MHz. Mas o grande alvo é usar a tecnologia no roaming internacional e um piloto está sendo feito com a Movistar Argentina.

 “Foi necessário fazer um grande ajuste na rede da Vivo, uma vez que as chamadas são tratadas como dados e transmitidas via IP”, diz o diretor de Engenharia Móvel da Vivo, Átila Branco, em entrevista exclusiva ao portal Convergência Digital. “Tenho convicção que, hoje, quem faz ligações pelas OTTs não têm qualidade garantida e aceitam a queda da ligação. No caso do VoLTE, a ligação tem uma qualidade diferenciada, é em HD e assegura uma voz perfeita. Isso vai atrair o consumidor, que exige qualidade”, atesta Branco.

De acordo com o executivo, a Vivo não tem pressa de lançar o VoLTE comercialmente, mas, certamente, vai priorizar as cidades onde a frequência de 700 MHz está disponível para o 4G e pode, até o fim do ano, ampliar o número de cidades com o produto.”Não vamos correr. O VoLTE é um diferencial. A ideia é oferecer um serviço, de fato, de elevada qualidade, e como chamada de voz e não de dados. Não haverá o desconto da franquia de dados. O consumidor vai perceber a diferença”, explica Átila Branco.

Numa primeira fase estão homologados para o uso de VoLTE junto à Vivo o Motorola Moto Z,o Moto Z Play, e o Samsung S8 e S8+. Clientes que já tenham esse tipo de aparelho devem tão somente atualizar o software para ter acesso à tecnologia. Branco informa ainda que por conta dos recursos tecnológicos, o VoLTE propicia uma maior autonomia da bateria dos aparelhos, por conta do uso de novos codificadores, os codecs, que suportam maior número de informações.

Fonte : Convergência Digital / Redação PMP 

Categorias: CT&I

Palavras-chave: , ,