Loading

Edital Floresta em Pé divulga 181 propostas sustentáveis recebidas

Fale com PMP: redacao@portaldomovimentopopular.com.br

Fotos: Maria Cordeiro Auxiliadora/Ana Cláudia Leitão

No último dia 11, o Edital “Floresta em Pé” encerrou as inscrições para projetos de desenvolvimento sustentável em áreas protegidas e corredores ecológicos do Amazonas. Uma parceria entre Fundação Amazonas Sustentável (FAS) e o Fundo Amazônia/BNDES, a iniciativa teve 181 projetos inscritos por organizações de direito privado, sem fins lucrativos (associações, cooperativas, institutos, entre outras), com ideias voltadas para produção agropecuária, pesqueira, florestal e comércio.

 

Durante os meses de abril e maio, a equipe da FAS percorreu cerca de 22 municípios realizando oficinas e dando orientações sobre como apresentar um projeto para o Edital Floresta em Pé. Segundo Mickela Souza, Coordenadora de Edital, mesmo com a ampla divulgação, o número de inscrições superou as expectativas de toda a equipe.

 

“Esperávamos receber 60 propostas, que é a média para esse tipo de edital na nossa região, mas os resultados nos mostraram que existem muitas pessoas no Amazonas com ideias inovadoras para o desenvolvimento sustentável, â espera de oportunidade”, afirma.

 

O Edital apoiará projetos de até R$150 mil, em um total de R$2,5 milhões. Das 181 propostas recebidas, 123 são elegíveis, ou seja, cumpriram critérios documentais descritos no Edital e foram encaminhadas para a avaliação técnica do Comitê de Seleção. A lista de todas as propostas recebidas estão disponíveis na página www.fas-amazonas.org/edital. A lista de propostas selecionadas para a Oficina será divulgada no dia 12 de julho.

 

O comitê de seleção é independente e  é composto por profissionais com vasta experiência em desenvolvimento de projetos de geração de renda, conservação e questões sociais. Eles avaliarão conforme critérios descritos no Edital e as que alcançarem 30 pontos, serão selecionadas para a participação da Oficina de Elaboração de Projetos em julho.

 

De acordo com Mickela, essa fase é essencial para que as ideias se concretizem em propostas.

 

“A maioria das organizações que se inscreveram tem ideias muito claras do que querem fazer, mas nem sempre isso está descrito nos moldes de um projeto. A oficina é a oportunidade de detalhar essas propostas com uma assessoria técnica”, afirma.

 

A Oficina de Elaboração de Projetos será realizada na sede da FAS, no período de 19 a 21 de julho.

 

Formação para gestão dos  empreendimentos

 

Após a realização da Oficina, os projetos detalhados serão enviados para a última etapa. “Esta última etapa consiste em uma outra oficina só que agora com o foco no gestão dos empreendimentos” afirma Mickela. Essa fase está prevista para os dias 11 e 13 de outubro, com avaliação seguindo os critérios colocados no Edital.

 

“Essa chamada é diferenciada e adaptada à realidade Amazônica em que se oferece assistência técnica especializada na elaboração e desenvolvimento das propostas durante todo o processo de seleção” conclui.

 

Os projetos selecionados deverão ser realizados num período de 18 meses e terão acompanhamento direto da FAS na sua execução por até 24 meses. Todas as informações sobre o Edital Floresta em Pé e sobre as etapas de seleção podem ser acessados no edital em www.fas-amazonas.org/edital.

 

Texto – Mariana Filizola / Redação PMP 

Categorias: Meio Ambiente

Palavras-chave: , ,